A maioria das pessoas cresce achando que vive em um mundo, mas a verdade é que vivemos em três “mundos”: o mental (lógico), o emocional e o físico. O mundo físico são os nossos resultados, e ele só existe com a soma do mundo mental e emocional.

O mundo mental e emocional juntos, criam o nosso mundo físico, determinando nossos resultados.

Ninguém tem problema com o peso ou com a balança. O peso é apenas um resultado. O problema é o que a maioria das pessoas vem fazendo. De novo: são as nossas ações que determinam os nossos resultados. A maioria das pessoas vive arrancando os limões querendo colar outras frutas no lugar, ou seja: querendo bons resultados, quando suas ações não condizem com os mesmos. A maioria das pessoas nunca se preocupou com as suas raízes, nunca mudou o que realmente importa.

Segundo o cientista Steve Bloom, do Imperial College London, o corpo prioriza uma ação por vez. Então, se você está com raiva, triste ou estressada, ele irá primeiro lidar com esses sentimentos, desencadeando a produção de uma série de hormônios e neurotransmissores, antes de se dedicar a buscar uma solução para o problema e acelerar processos de cura. A adrenalina é liberada em situações de prolongada exposição a sentimentos negativos ou durante explosões de raiva, por exemplo. E em grande parte é ela a responsável pelos efeitos prejudiciais desses sentimentos.

Você quer colher frutos diferentes? Quer resultados diferentes?

Um estudo neurológico provou que o inconsciente exagera as coisas ruins – e confrontá-lo pode ser a chave para superar os obstáculos e finalmente conseguir atingir seus objetivos. Se, por um lado, é impossível controlar o inconsciente de maneira consciente, é possível sim influenciá-lo. “Podemos mudá-lo. Ele é tão maleável quanto a consciência, ou talvez mais”, afirma o neurologista Ran Hassin. Como se faz isso? Praticando. Não basta querer, é preciso agir.

Então, é necessário transformar as raízes. Para ter o corpo dos seus sonhos, emagrecer e nunca mais voltar a engordar, você precisa mudar seus dois mundos: mental e emocional. Porque o mundo físico é a soma desses dois mundos e nossos frutos, ou seja nossos resultados, sempre vão ser coerentes com aquilo que plantamos.

A boa notícia é que a ciência já descobriu que, é possível reprogramar a nossa mente e as nossas emoções. Da mesma forma que podem fazer mal, as emoções também fazem bem ao nosso corpo. Diversos estudos demonstram que a gratidão, a alegria e a felicidade disparam uma cadeia de reações com efeitos benéficos e protetores.

Feche os olhos e pense em algo que você quer muito.

O corpo dos seus sonhos, a viagem dos seus sonhos, a casa dos seus sonhos.

Imagine você vivendo tudo isso.

Enquanto você lia a frase que eu acabei de escrever, uma avalanche de sinais nervosos correu seu cérebro. Milhares de neurônios foram acionados e trocaram informações em frações de segundo. Endorfina, dopamina, serotonina, oxitocina: substâncias químicas naturais em nossos corpos geralmente definidas como o “quarteto da felicidade”. Arquivos de memória foram vasculhados e a imagem do corpo ideal surgiu na sua mente. Você se sentiu bem.

Ao ter domínio sobre a sua própria mente e emoções, é possível manter um pensamento edificante, lidar melhor com as frustrações do dia à dia, compreender melhor as pessoas e diminuir as decepções. A atitude mental positiva traz satisfação, alegria e confiança; além de nos tornar capazes de superar traumas e obstáculos, como o de não conseguir emagrecer e nunca mais voltar a engordar, e faz com que a vida seja mais plena. Seus Pensamentos, causam uma Emoção/Sentimento, que leva a uma Ação, que gera um Resultado.

Para mudar as raízes e colher bons frutos,

você precisa começar a plantar pensamentos novos. 

AGENDE SUA CONSULTA